Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007

Política e Pulítica



- Ponham-se no lugar do homem: são Primeiros-Ministros. Logo, governam. Não andam a dizer à sra. de uma qualquer Direcção Regional de Educação para sancionar um qualquer Professor mais atrevido ou a um qualquer Chefe de serviço de um qualquer Hospital para sancionar um qualquer médico satírico ou a um qualquer grupo de policias para avisar um qualquer sindicato com intenções de vos vaiar. Não, vocês têm mais que fazer e que pensar. Têm de Governar. E os jornalistas que comentar, escrever e relatar o que bem entenderem. Sempre foi assim, e sempre será. A investigação deverá ser feita pelos órgãos próprios e as conclusões aplicadas severamente. Mas não porque apareceu na TV. Na TV não se governa! A TV não é Portugal!


- As propinas é um daqueles assuntos clássicos para um aluno de Ensino Superior. Porque as Universidades ainda não são empresas o Estado encarrega-se de, em nome da tendencial igualdade de oportunidades e ao mesmo tempo da sustentabilidade orçamental de cada instituição, fixar um limite máximo e mínimo de propinas. Até aqui só uma coisa a apontar: a tendencial gratuitidade de que fala a Constituição não tem tido aplicação. Pelo contrário, o limite tem até agora aumentado sempre. Mas a quem nos podemos e devemos realmente queixar é a Conselhos Directivos como o da nossa Faculdade, onde 940€ são pedidos sem qualquer justificação/aplicação plausível. Afinal as propinas são uma taxa?


- A JS foi, enquanto estrutura politica, pioneira na divulgação das atrocidades cometidas na Birmânia através do apelo a todas as pessoas a assinar a petição da ECOSY, estrutura internacional que integra. Mas ficou-se por aí. A intervenção politica exige formas de reinventarmos a comunicação e as acções, que meramente simbólicas ou não, praticamos.

publicado por NES-FDL às 17:15
link do post | comentar
3 comentários:
De PedroSilveira a 13 de Outubro de 2007 às 10:02
Ingenuidade é continuar-se a achar a comunicação social portuguesa um modelo de isenção e de profissionalismo e, acima de tudo, basear nas suas noticias (qual Bíblia do conhecimento) as nossas convicções pessoais e percepções da realidade.

Mas atenção, jamais tencionarei escamotear qualquer acção de repressão politica ou anti-democrática de qualquer governo. Antes de ser militante do PS e apoiante deste Governo, sou democrata. O seguidismo não faz parte do meu feitio.

Apenas chamei a atenção para aspectos que às vezes são tão óbvios que, por aquilo que ouvimos na TV ou nos jornais, damos como adquiridos: JOsé Sócrates (ou o Min. da Adm. Interna telefonou à policia a ordenar que intimidassem os sindicatos? Ah ok, não... mas têm operacionais para isso! Não poderia este argumento ser mais cómico. É que eu consigo convictamente desmentir isso, agora alguém ligado ao PCP não poderá fazer o mesmo porque realmente nessa estrutura é isso que acontece: intigadores em todos os ramos de acção social, como defendia Cunhal. Rumo à segunda revolução! Aliás, é isso que é o PCP...
De Fábio Raposo a 12 de Outubro de 2007 às 19:56
Caro Zé Pedro,

Qual será a maior ingenuidade: afirmar que o PM não se preocupa com este tipo de questões; ou afirmar que a Comunicação Social não inventa, não manipula e não altera as informações que lhe chegam?

Certamente que este Governo erra, tal como qualquer outro e como todos nós. Mas mais do que isso, é difícil agradar a todos. Compreende-se.

De qualquer das formas, cabe por vezes não ir pelo mais lógico, pelo que está à primeira vista, pelo que nos tentam fazer ver. Por isso é necessário destacar outras perspectivas e possibilidades...TAMBÉM por isso NÓS cá estamos.
Porque para aproveitar qualquer oportunidade que seja para apontar o dedo, maldizer, criticar...estão os outros todos. Certamente em minoria.

Cumprimentos
De Zé Pedro a 12 de Outubro de 2007 às 18:37
Só por mera ingenuidade é que se afirma que um PM não se preocpua com este tipo de questões...

Não deve ter reparado o autor do post que todos os governos têm operacionais próprios para fazerem este tipo de coisas... Eu percebo a azia, são demasiados casos para um governo só...

Até já se evoca o papão do PCP... Será que para a próxima também vão cair no ridículo de dizerem que os comunistas comem criancinhas?

E o desemprego também não existe, não está em 8,3%, ao contrário do esperados 7,5% no OE de 2007...

São tudo invenções da comunicação social, este governo simplesmente não erra!

Comentar post

Sobre nós

Benvindo ao Blog do Núcleo de Estudantes Socialistas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, local de discussão política e fraterna, à esquerda da indiferença, mas sempre no centro da participação.

Site Oficial do NES/FDL

Site Oficial da JS

Site da FDL

Contribuidores

PS TV

JS TV

Últimas PS

Jovem Socialista

Carregue na imagem para ver o Jovem Socialista número 468

Órgão Nacional de Comunicação da JS

Jornais

Ficha de Militante da JS

Carregue na imagem para sacar a Ficha de Militante da Juventude Socialista

Junte-se ao NES/FDL!

Ficha de Militante do PS

Carregue na imagem para sacar a Ficha de Militante do Partido Socialista

Junte-se ao PS!

arquivos

Setembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds