Terça-feira, 1 de Maio de 2007

Dia do Trabalhador



Hoje, dia 1 de Maio, celebra-se o dia do trabalhador.
A data tem como origem a manifestação de trabalhadores nas ruas de Chicago que teve lugar a 1 de Maio de 1886. Essa manifestação tinha como maior reivindicação a redução do horário laboral para 8 horas diárias, tendo tido uma participação de centenas de milhares de pessoas.
Três anos depois, a segunda Internacional Socialista, reunida em Paris, decidiu convocar anualmente uma manifestação com o objectivo de lutar pelas 8 horas de trabalho diário. A data escolhida foi o 1º de Maio, como homenagem às lutas sindicais de Chicago.
A 1 de Maio de 1891, uma manifestação no norte de França é dispersada violentamente pela polícia, tendo como resultado a morte de dez manifestantes. Este episódio serviu para reforçar o dia como dia de luta de todos os trabalhadores.
A 23 de Abril de 1919, o senado francês ratifica as 8 horas de trabalho diário e proclama o dia 1 de Maio desse ano como feriado. Em 1920, a Rússia adopta o 1º de Maio como feriado nacional, tendo sido seguida por vários outros países.

Após esta pequena introdução histórica, cabe pensar em que é que o dia do trabalhador representa, hoje, em Portugal.
Primeiramente representa um feriado. E isso, para quase todas as pessoas, já é sinónimo de alegria e agradecimento àqueles que morreram em França. Assim, essas pessoas não morreram em vão porque, passado um século, há outras que podem descansar.


Depois, há aquelas pessoas para quem este dia representa uma oportunidade. É o caso dos sindicatos, sindicalistas, extremo-esquerdistas, interesseiros, parasitas, anti-governo, entre outros. Todos aqueles que só necessitam de um pretexto para se manifestarem, ainda que os motivos sejam sempre distintos.

Existem ainda aquelas pessoas para quem o 1º de Maio representa a conquista de direitos fundamentais dos trabalhadores e a certeza que foi graças às pessoas que um dia lutaram e ainda hoje continuam a lutar, que é possível que tenham condições de trabalho minimamente condignas.

Finalmente, existem aquelas pessoas para quem o dia do trabalhador não significa rigorosamente nada.
E não significa nada talvez porque estejam demasiado ocupados nas suas poltronas de pele a fumar umas cigarrilhas e a coçar a barriga com uma mão, enquanto com a outra seguram um copo de conhaque.
Ou não significa nada talvez porque não têm trabalho. E se o dia é do trabalhador, não lhes diz respeito. Nem sequer adianta ser feriado. Para estas pessoas, os feriados são todos os dias.
publicado por Fábio Raposo às 22:01
link do post | comentar
1 comentário:
De Ines Melo Sampaio a 2 de Maio de 2007 às 00:29
Infelizmente, o 1o de Maio e o dia por excelencia do "Hay gobierno? Soy contra!"...

E curioso ver cm os sindicatos parecem mais felizes qdo ha governos de dta... Pq mmo qdo sao de esquerda, dizem q as medidas sao de dta. Q tautologico... Enfim.

Bjo*

Comentar post

Sobre nós

Benvindo ao Blog do Núcleo de Estudantes Socialistas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, local de discussão política e fraterna, à esquerda da indiferença, mas sempre no centro da participação.

Site Oficial do NES/FDL

Site Oficial da JS

Site da FDL

Contribuidores

PS TV

JS TV

Últimas PS

Jovem Socialista

Carregue na imagem para ver o Jovem Socialista número 468

Órgão Nacional de Comunicação da JS

Jornais

Ficha de Militante da JS

Carregue na imagem para sacar a Ficha de Militante da Juventude Socialista

Junte-se ao NES/FDL!

Ficha de Militante do PS

Carregue na imagem para sacar a Ficha de Militante do Partido Socialista

Junte-se ao PS!

arquivos

Setembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds