Segunda-feira, 30 de Abril de 2007

Sentenças




Ultimamente tem-se falado muito de extrema-direita e dos seus partidos.
Decidi, então, dedicar-lhes um "post", indiferente à atenção que lhes possa dar.
Os Nacionalistas dizem-se apenas Nacionalistas, os de extrema-direita dizem-se Nacionalistas e os Fascistas dizem-se Nacionalistas. No fundo, é tudo exactamente a mesma coisa, apesar de quererem mostrar às pessoas que não.
Usam esse nome suave e vanglorioso para ganhar mais apoiantes e têm-no conseguido, tudo com o pretexto que é em nome do País.

A maior bandeira destes partidos será a luta contra a imigração. Será, aliás, a única e aquela que chama mais apoiantes. É algo que consigo perfeitamente compreender, cada um terá as suas motivações. O que é importante dar a conhecer às pessoas é tudo o resto que engloba um apoio (ou voto) nesses partidos.

Portugal é um país com fortes costumes migratórios. Desde sempre que somos emigrantes e recebemos imigrantes. Devíamos orgulhar-nos disso. Teríamos, por certo, vantagens económicas se, aos olhos do mundo, fôssemos um dos povos mais acolhedores do planeta. Além das vantagens económicas, teríamos, com certeza, gosto em sê-lo. Mas há quem não tenha esse agrado, apesar de todos os emigrantes Portugueses espalhados pelo mundo.
Defendemos, então, os que estão em Portugal e esquecemos os que estão por fora? Ou obrigamo-los a regressar?

Expulsamos todos os imigrantes e apostamos numa forte política de natalidade? Isso faz imenso sentido. Além de ser fisica e financeiramente insustentável, ficaríamos sem milhões de pessoas que, diariamente, ajudam a nossa economia a crescer e o país a desenvolver e daqui a 20/30 anos seríamos compensados. Seríamos, porque, até lá, já tínhamos morrido à fome... ou de cansaço sexual.

A nossa Constituição consagra expressamente a proibição de partidos de extrema-direita ou que perfilhem a ideologia fascista. Creio que será uma proibição que não faz sentido. Em primeiro lugar porque essa proibição não impede a existência desses partidos e as suas propagandas político-ideológicas. Em segundo lugar porque, para extinguirmos esses partidos, haverá uma forma bem mais simples e eficaz: a da informação da população daquilo que realmente são esses partidos com nomes bonitos, com placards enormes mas com cérebros bastante reduzidos.
publicado por Fábio Raposo às 22:37
link do post | comentar
3 comentários:
De RICARDO PITA a 1 de Maio de 2007 às 17:50
Penso que a extrema direita não é uma ideologia em crescimento.simplesmente tudo o que (mal)fazem é muito mediatizado.
abraço
De Лев Давидович a 1 de Maio de 2007 às 14:29
Não sei se a proibição não fará sentido. A meu ver, deveria ser alargada, estendida e inultrapassável.
Da mesma forma que não compactuamos com quem é a nós adverso, a democracia não pode abrir a sua "eterna misericórdia" e aceitar tudo e todos.
Só joga ao jogo quem sabe.
De Ines Melo Sampaio a 1 de Maio de 2007 às 13:35
Conheci e tive o desprazer de conversar com um militante de um desses partidos, assumidamente neo-nazi. A ironia da coisa: o Pai dele e... brasileiro, imigrado em Portugal ha 30 anos.Hmmm... Acho q isto nos da uma pequena ideia da pequenez dos seus cerebros!

Beijo*

Comentar post

Sobre nós

Benvindo ao Blog do Núcleo de Estudantes Socialistas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, local de discussão política e fraterna, à esquerda da indiferença, mas sempre no centro da participação.

Site Oficial do NES/FDL

Site Oficial da JS

Site da FDL

Contribuidores

PS TV

JS TV

Últimas PS

Jovem Socialista

Carregue na imagem para ver o Jovem Socialista número 468

Órgão Nacional de Comunicação da JS

Jornais

Ficha de Militante da JS

Carregue na imagem para sacar a Ficha de Militante da Juventude Socialista

Junte-se ao NES/FDL!

Ficha de Militante do PS

Carregue na imagem para sacar a Ficha de Militante do Partido Socialista

Junte-se ao PS!

arquivos

Setembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds