Quinta-feira, 16 de Novembro de 2006

No Final do Dia a Festa Será Nossa

Na tradição dos grandes valores da esquerda democrática, cumpre tomar posição numa batalha jurídica e política, sobre uma causa, tantas vezes apelidada de fracturante, que divide opiniões, de forma brutal, e separa individualidades, normalmente unidas em muitas materias.
O Tema da IVG está na berlinda.
Todos os meus camaradas terão lido o post anterior a este e terão recebido, como eu, nas suas caixas de e-mail, o argumentário da JS sobre este tema quente.
Como tomou posição a JS, devemos tomar todos. Não só militantes do NES, da JS ou qualquer estrutura partidária. Este é um problema de todos, de uma sociedade em peso. É um problema que se deve extinguir, quanto antes.
Na busca desse objectivo, é dever mobilizar todas as bases, todas as pessoas e trabalhar para uma meta que está ao nosso alcance. Mas o esforço não pode ser mitigado, com a interiorização que possamos fazer da razão, que está do nosso lado. Temos que combater, agir, progredir e vencer. O "SIM" tem uma tarefa muito complicada, porque não lida, ou combate, apenas contra o "NÃO". O "NÃO" ganha se tiver mais votos ou se houver uma abstenção, acima dos 50%. Como tal, cabe reagir à apatia gerada no seio da comunidade, e libertar de vez as urnas assombradas com o fantasma da abstenção. Mais: cabe elucidar todo e cada um sobre o tema, fazer afirmar os muitos argumentos favoráveis, que defendem a dignidade humana, para que, no final do dia, a vitória esteja com a verdade.
Mas esta não é uma luta partidária. O papel da JS, como de qualquer organização de cariz político, deve ser de esclarecer, lutar, argumentar, pela causa que defende. Não é tolerável o voto no SIM ou no NÃO porque tal partido assim o defende.
Posto isto, as batalhas começam agora. Uma por uma, ganhará a razão.
A título pessoal, deixo um link para um blog, que é um projecto nesta area. Pretende-se discutir com elevação, mostrar argumentos, e passar a mensagem essencial nesta campanha: ninguém é a favor do aborto. Muitos são a favor da interrupção volutária da gravidez. São coisas distintas.
Que a contenda se transforme em vitória.
publicado por NES-FDL às 21:08
link do post
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Sobre nós

Benvindo ao Blog do Núcleo de Estudantes Socialistas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, local de discussão política e fraterna, à esquerda da indiferença, mas sempre no centro da participação.

Site Oficial do NES/FDL

Site Oficial da JS

Site da FDL

Contribuidores

arquivos

Setembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds