Terça-feira, 12 de Junho de 2007

Mário Soares


As ideologias e os partidos vivem de símbolos. Menos, e ainda bem, de mitos. Símbolos que representam o nosso ideal, que personificam as nossas ideias. Mário Soares foi desde o primeiro minuto a minha referência política dentro do Partido Socialista menos por ser uma figura paternal do partido mas sim pelo seu posicionamento ideológico. O meu PS é o PS de Soares. Os tempos mudaram? Ainda mais, então!

Convido-vos desde já a ler na íntegra uma grande entrevista de Mário Soares à Revista Ùnica, do Expresso de 9 de Junho de 2007. Ficam apenas algumas citações:

"São tempos de breves debates ideológicos. Sócrates é um politico do pós-Guerra-Fria. Eu tive que lutar contra o perigo das excessivas nacionalizações e ele tem que lutar contra o perigo das excessivas privatizações. È uma diferença abissal!"

"Para mim o PS é - e sempre foi - um partido de esquerda. No PREC também foi atacado como sendo de direita. (...) Mas quem é de esquerda, a sério, politicamente articulado e coerente, morre de esquerda."

"Se Sócrates está a pôr o Socialismo na gaveta? Essa é uma velha frase. O socialismo que foi posto na gaveta foi o socialismo totalitário. E muito bem! (...) O socialismo democrático representa o reformismo progressista. Promover políticas sociais sérias para evitar conflitos, confrontações, um Estado ingovernável."

"Se você me perguntasse se eu gostaria mais de ter escrito um só livro da qualidade dos de Eça ou ter sido Presidente da República eu dir-lhe-ia, sem hesitações, que gostaria mais de ter escrito um grande romance como os Maias."

"Sinceramento não seria o meu ideial [ter a cara numa nota de banco]! Quando via a efígie de António Sérgio, um intelectual puro, sem sombra de interesse pelo dinheiro, nas nossas antigas notas de mil escudos ficava horrorizado."

publicado por NES-FDL às 21:21
link do post | comentar
2 comentários:
De RICARDO PITA a 13 de Junho de 2007 às 17:01
"Soares foi, é e será sempre um símbolo incontornável da História política nacional e da História do PS.
Figura ímpar, com fortes convicções e uma inteligência política notável.
Nem com aquele crasso erro da terceira candidatura a Presidente da República, a sua imagem se denegriu. Seria preciso muito mais."

aqui está uma análise fria e sucinta de quem foi Mário Soares
subescrevo inteiramente
De Fábio Raposo a 13 de Junho de 2007 às 01:03
Soares foi, é e será sempre um símbolo incontornável da História política nacional e da História do PS.
Figura ímpar, com fortes convicções e uma inteligência política notável.
Nem com aquele crasso erro da terceira candidatura a Presidente da República, a sua imagem se denegriu. Seria preciso muito mais.

Comentar post

Sobre nós

Benvindo ao Blog do Núcleo de Estudantes Socialistas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, local de discussão política e fraterna, à esquerda da indiferença, mas sempre no centro da participação.

Site Oficial do NES/FDL

Site Oficial da JS

Site da FDL

Contribuidores

arquivos

Setembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds