Quarta-feira, 21 de Junho de 2006

O NES não desistirá de lutar




"Quem ainda está vivo nunca diga: nunca.
O que é seguro não é seguro.
As coisas não continuarão a ser como são.
Depois de falarem os dominantes
Falarão os dominados."
(Bertolt Brecht)
Caros camaradas, foi um ano de muita luta e em que o NES/FDL muito fez pela nossa academia e pela JS. Mostramos que é possível existirem núcleos da JS no ensino superior activos e que como disse o nosso secretário-geral têm que trazer a política à faculdade e não devem pôr-se de lado nas lutas académicas, porque a JS como é óbvio tem sempre uma palavra a dizer.
Visto isto, espera-nos mais um ano de muita luta, pela expansão da JS na academia, pelo reforço do NES na mesma e pela democratização da própria associação académica. Por isso não nos vamos abster de lutar e temos que estar unidos, pois depois dos "dominantes", falarão os "dominados".
Saudações Jovem Socialistas!
publicado por NES-FDL às 13:08
link do post | comentar
16 comentários:
De Gioconda a 13 de Julho de 2006 às 00:46
Caro João,

a lista R é a lista que me representa a mim e a todos os alunos da FDL. O que significa que um problema na lista R é um problema de todos os alunos, dos alunos que se interessam e querem bem á nossa faculdade. Isto para te dizer que não, nao pode ser! Volto a reiterar, quando te encontrar falaremos sobre o que dizes que não me disseste. E repito mais: quero ver até que ponto chega a hipocrisia das pessoas.
De militante da JS a 4 de Julho de 2006 às 19:53
Caro João:

Consta por ai que a nossa Jota anda muito mal falada na Faculdade de Direito de Lisboa nos últimos tempos devido às tuas últimas acções, isto apesar do grande trabalho apresentado pelo nosso camarada Pedro Silveira para tornar visível e credível o NES, e para mostrar o que pode oferecer a JS aos alunos da tua Falculdade.

Pergunto-te, para ter a certeza:

-Faltaste de facto a uma reunião do Conselho Pedagógico, apesar de teres estado numa festa na noite anterior?

-Não foste solidário com o camarada Pedro Ângelo, apoiando outra pessoa de direita contra o mesmo, de forma vil e traiçoeira?

-Andaste a dizer de facto a meio mundo que foste o grande cérebro de um golpe de estado, e agora desmentes tudo de forma muito estranha e contraditória?

Aguardo a tua resposta, para bem da JS.

Abraço, em especial para o camarada Pedro Silveira
De Weber a 4 de Julho de 2006 às 11:52
Caro João,

Mais uma vez conseguiste fugir às questões que te coloquei. Mas desta vez nem sequer conseguiste ser brilhante (como habitualmente és...) nessa fuga!

Eu limitei-me a colocar-te situações concretas e de domínio público que carecem de esclarecimento!

Sublinhei ainda a forma que considero mais correcta para se exercer o direito de voto.

A frase a que te referes não fui eu que trouxe para debate, garanto-te! Verifica ali em cima, na caixa de comentários!
Como tal, agradecia que da próxima vez que quiseres responder-me ou trazer-me ao barulho, seja para responder a um comentário meu e não a outro qualquer!

Assim sendo, quero deixar-te bem claro que as questões que te pus no meu último comentário se mantém... inclusive as (aparentemente...) mais disparatadas (tudo tem um propósito)!

Por fim, quero apenas deixar-te um alerta: espero que não guardes uma grande mágoa para com o Duarte Vaz por ele ter partido a ''tua'' lista. Afinal, ele ainda é um dos maiores caciques da FDL, e nunca se sabe quando é que vais ter que lhe oferecer uma Vice-Presidência.

Cumprimentos
De João Gomes a 2 de Julho de 2006 às 22:07
Até ao momento ainda não tomei conhecimento de nenhum candidato oficial à presidência da AAFDL. E não sei quem proferiu tal frase, mas se tiveres alguma cassete à Duarte Vaz, ou algum documento que me possa comprovar o mesmo por parte de um qualquer provável candidato, envia-me pfv weber.

Gioconda o máximo que te posso ter dito é que apoiei e votei na colega Inês Ramalho. Mas preferia discutir os problemas da lista R apenas com os membros da mesma. Pode ser?

Cumprimentos,

João GOmes
De militante JS a 29 de Junho de 2006 às 12:06
Caro João:

Apoiarás um candidato à presidência da AAFDL que até há bem pouco tempo dizia que "não me filio no CDS-PP porque é um partido pouco à direita"?

Aguardo a tua resposta.

Abraço
De Gioconda a 28 de Junho de 2006 às 01:33
Caro João,
terei todo o prazer em encontrar-te na faculdade para te encarar e ouvir-te dizer na minha cara que nao me disseste aquilo que me disseste numa certa e determinada noite na semana académica.
Quero ver até que ponto conseguem as pessoas ser hipócritas.
Até lá.
De João Gomes a 27 de Junho de 2006 às 21:15
Cara gioconda,

Compreenderas que me nego totalmente a responder a isso tipo de calúnias e difamações.
De Weber a 27 de Junho de 2006 às 19:49
João Gomes, caro João Gomes...

Vais ter que me perdoar o tom paternalista, mas eu não consigo ver alguém em (graves) apuros sem estender a mão, para prestar uma qualquer ajuda.

A verdade é que continuas a cair sistemáticamente no mesmo erro; já dizia o outro, falas, falas, falas e não dizes nada! Ou melhor, até dizes muita coisa, não te comprometes é com uma posição! Enfim, a culpa não é tua, mas dos teus professores...

Voltando à nossa discussão, deixa-me dizer-te que nunca tive medo de debates sem fim, quando estes são produtivos. E o fim deste nosso debate só depende de ti, basta que, por uma vez na vida, sejas concreto.

Adiante, volto-te a perguntar: o que achas que a JS deve querer da AAFDL? E já agora, o que achas que o David Areias e o Pedro Ângelo deveriam ter feito pela JS na FDL? Entregar fichas de militante da JS juntamente com as fichas de sócio da AAFDL? Pagar campanhas da Lista R com o dinheiro da estrutura partidária? Eleger militantes socialistas para a AAL, para a FNED e para órgãos nacionais?

Outra coisa me deixou intrigado: insinuas que alguém tentou apagar politicamente um colega de Direcção... Pergunto-te se um verdadeiro socialista trai o seu presidente, poucos meses depois de lhe ter jurado fidelidade?

Por fim, volto a dizer que o facto de uma lista poder vir a ter um Vice-Presidente socialista e um Presidente de direita que gostava de ser militante socialista, não se deve reflectir na escolha dos verdadeiros socialista. Na AAFDL, bem como nos órgãos da FDL, não importa a nossa orientação política, mas aquilo que pretendemos realizar!

Já agora João, gostas mais do verde ou do amarelo?

Cumprimentos
De Gioconda a 27 de Junho de 2006 às 01:07
Caro colega João,
fiquei algo admirada quando li as tuas palavras.
Por acaso negar-me-ás a tua afirmação na semana académica em como o 27 de Março tinha sido todo ele orquestrado por ti? Segundo as tuas próprias palavras disseste-me que tinhas sido tu a dizer á Maria Inês e ao André como deveriam eles agir nessa reunião.
De João Gomes a 26 de Junho de 2006 às 15:46
Caro weber,

Para não corrermos o risco de entrarmos num debate sem fim, espero esclarecer de vez as tuas dúvidas.

Quanto à reunião da Lista R, que presumo já não exista, do dia 27 de Março tenho a dizer que não orquestrei nenhuma jogada palaciana. Limitei-me, por e simplesmente, a apoiar a candidatura de uma colega que achei, tal como a maioria dos militantes de lista, que estava melhor preparada do que o camarada de David Areias da concelhia de Chaves, para assumir o cargo de secretária de lista. Acontece que nunca vi o camarada David Areias fazer nada pela JS naquela faculdade, embora reconheça que tem exercido todos os seus cargos associativos até ao momento com um cunho de competência, que também ninguém pode negar à colega Inês Ramalho.

Mas se quiseres entrar nesse prisma “JSiano” repara que nós somos uma juventude partidária onde se respeitam as divergências internas e se aplicam os princípios basilares da democracia e podes-te comprar isso mesmo este fim-de-semana, com a eleição de delegados para o XV congresso nacional. Tendo isto em conta não considero razoável que um verdadeiro socialista, daqueles que lutam pela estrutura em tudo onde estão inseridos, utilize métodos como a expulsão e o “esvaziamento de funções” para tentar apagar politicamente um colega de direcção e um camarada de partido. Isso sim ofende a honra e a história de uma juventude partidária, que vive de militantes que dão o peito às balas pela mesma.

Volto a dizer que os militantes da JS têm a obrigação de se organizar no ensino superior em núcleos de escola, coisa que os dois que referiste não fizeram, para conseguirem trazer a política para as faculdades. Quanto à AAFDL apenas apelei para que os camaradas da JS tivessem atenção aos propósitos ideológicos de cada lista e às pessoas que a integram, para conseguirem perceber qual é o sítio onde se sentem melhor representados.

Cumprimentos jovem socialistas!

Comentar post

Sobre nós

Benvindo ao Blog do Núcleo de Estudantes Socialistas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, local de discussão política e fraterna, à esquerda da indiferença, mas sempre no centro da participação.

Site Oficial do NES/FDL

Site Oficial da JS

Site da FDL

Contribuidores

arquivos

Setembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds