Quinta-feira, 12 de Junho de 2008

Um país, uma Europa, em suspenso...

Fechadas as urnas, Portugal, a Irlanda e toda uma Europa estão em suspenso para saber o resultado do referendo ao Tratado de Lisboa, que ficará a ser conhecido amanhã pelas 15 horas. Em suspenso, ou talvez não, porque problemas por resolver não faltam. Enquanto Portugal consegue resolver o problema da paralisação dos camionistas em 3 dias, o resto da Europa continua a tentar resolver o problema, como no caso de Espanha em que se chega agora a um acordo parcial.

 

Desta paralisação algumas conclusões se podem aferir: o Governo prefere o debate, privilegiam o dialogo, ao recurso à força; o direito à greve deve ser respeitado, apesar disso, é inegável que foram cometidas ilegalidades, que, o primeiro ministro garantiu, estão a ter consequências em sede própria; é ridicula a postura da oposição, primeiro, pouco se manifestando, depois defendendo concessões do governo, no dia seguinte criticando o governo pelo acordo e apelando ao uso da força, a realidade é que é sempre dificil na altura, no calor do momento, tomar medidas de acordo com critérios de adequação e proporcionalidade para responder ao que se passava, e por isso defendo a actuação das forças policiais, que respeitaram a greve, actuando na medida do necessário para manter a ordem; há uma aparente crise de representação do sector das transportadoras; o governo português vai apelar a uma postura mais musculada da União Europeia, na matéria de pesquisa e reforço da importância de novas fontes energéticas e vai mesmo ter inciativa com incentivos ao carro electrico.

 

Dentro desta curiosa postura da oposição, que acusa o Governo de não ser bruxo e prever toda e qualquer vicissitude que afecte o país, é muito criticável a actuação do CDS/PP, quase convidando a mais manifestações, como no caso dos taxistas, mais uma vez, o populismo prevalece. Apesar disto tudo, é de elogiar o governo pela celeridade na resolução da crise, fazendo um acordo benéfico para o país.

 

A verdade é que esta crise económica parece estar para continuar por toda a Europa, e os tempos dificeis conjugados com esta crise do preço do petróleo, parece colocar a Europa e mesmo o mundo em suspenso, receoso pelo que nos espera no futuro. Curioso é o facto do preço do petroleo descer, mas o preço nas gasolineiras aumentar...algo de mal se passa.

 

 

publicado por Luís Pereira às 22:54
link do post | comentar

Sobre nós

Benvindo ao Blog do Núcleo de Estudantes Socialistas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, local de discussão política e fraterna, à esquerda da indiferença, mas sempre no centro da participação.

Site Oficial do NES/FDL

Site Oficial da JS

Site da FDL

Contribuidores

PS TV

arquivos

Setembro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds